Comércio cresce 1,7% em outubro, o melhor resultado do ano, diz Serasa

O movimento dos consumidores nas lojas em outubro avançou 1,7% na comparação com setembro, segundo pesquisa da Serasa Experian, divulgada nesta sexta-feira (9). Foi o melhor resultado mensal do ano da atividade varejista, de acordo com a pesquisa. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve alta de 2,8% da atividade varejista.

Na comparação com o mesmo mês de 2012, houve alta de 2,8%. Movimento dos consumidores aumentou nas lojas especializadas veículos
Na comparação com o mesmo mês de 2012, houve alta de 2,8%.
Movimento dos consumidores aumentou nas lojas especializadas veículos

Segundo os economistas da Serasa Experian, a retomada da trajetória de expansão da massa real de rendimentos, a estabilização da cotação do dólar e as promoções realizadas pelas concessionárias de veículos impulsionaram o movimento dos consumidores nas lojas durante o mês de outubro.

A alta da atividade varejista em outubro foi impulsionada pelo aumento de 8% no movimento dos consumidores nas lojas especializadas veículos, motos e peças como também pelo avanço de 2,9% no segmento de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas.

O segmento de material de construção exibiu crescimento de 2,7% em seu movimento no mês de outubro/13 e o de móveis, eletroeletrônicos e informática acusou alta de 1,4% no fluxo de consumidores neste segmento. O mês de outubro registrou altas de 0,7% no movimento do segmento de combustíveis e lubrificantes e de 0,2% no setor de tecidos, vestuário, calçados e acessórios.

Conab estima em 196,6 milhões de toneladas safra de grãos 2013/2014

Milho

A produção nacional de grãos na safra 2013/2014 está estimada entre 192,424 milhões e 196,65 milhões de toneladas, o que representa uma variação de 3,0% a 5,3% acima da safra 2012/2013, quando foram colhidas 186,8 milhões de toneladas. Os números são do segundo levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta sexta-feira, 8, em Brasília (DF).

A segunda pesquisa mostra que a soja é o produto de maior destaque em crescimento de produção e área, graças aos bons preços do grão no mercado. A produção da oleaginosa deve ficar entre 87,9 milhões e 90,2 milhões de toneladas e a área, entre 28,8 milhões e 29,5 milhões de hectares.

Segundo a Conab, a área com feijão 1ª safra também deve aumentar, saindo de 1,13 milhão de hectares no estudo anterior para 1,17 milhão e 1,21 milhão de hectares, com um incremento que varia de 3,9% a 8,0%.

Outro destaque é a área plantada de algodão, que deve apresentar um incremento porcentual de 16,5% a 22,0%, além do trigo, que tem uma elevação de 15,1%.

A área total destinada ao plantio da safra deve passar dos 53,3 milhões de hectares, podendo alcançar 55,5 milhões de hectares, o que representa uma variação entre 2,0% a 4,2% em relação à área plantada em 2012/2013, que foi de 53,27 milhões de hectares. A pesquisa foi feita no período de 28 de outubro a 1º de novembro, nas principais regiões produtoras de grãos do País.

Criança morre em incêndio após polícia impedir padrasto de salvá-la

A família de uma criança de 3 anos, morta em um incêndio em uma casa no norte do Missouri, nos Estados Unidos, está indignada com a polícia após ela usar uma arma de choque contra padrasto da criança quando ele tentou entrar no local para salvá-la.

Riley Rieser Jeffrey Miller foi morto após incêndio atingir sua casa nos EUA
Riley Rieser Jeffrey Miller foi morto após incêndio atingir sua casa nos EUA

Riley Rieser Jeffrey Miller morreu no dia 31 de outubro após um incêndio atingir sua casa na cidade de Louisiana. O padrasto do garoto, Ryan Miller, tentava voltar entrar na casa em chamas, foi barrado e atingido por arma de choque, de acordo com um oficial da cidade. A casa foi totalmente destruída.

Lori Miller disse que testemunhou dois policiais usando suas armas de choque contra seu filho três vezes – duas vezes depois de Ryan Miller tinha sido algemado. Na última vez, ele estava já em uma viatura da polícia, disse a mãe do padastro.

“Foi a brutalidade da polícia”, disse Miller, acrescentando que ela também foi ameaçada de prisão.

Bob Jenne, administrador da cidade, disse que a polícia será chamada para um “julgamento” e que espera o relatório oficial sobre o incêndio.

Jenne também disse que o fogo começou em uma tomada na sala de recreação traseira, onde os pais de Riley “cairam no sono” assistindo televisão. No momento em que acordoram, fumaça e chamas impediram Ryan e Cathy Miller de alcançar seu filho, cujo quarto era na frente da casa. Eles fugiram pela parte de trás, com Ryan Miller tentando, sem sucesso, voltar a entrar na casa. Depois disso, Miller foi detido e levado para a prisão.

Jenne ressaltou que um bombeiro tentou salvar Riley, mas que a casa estava quente demais para entrar.

Miller foi levado para a cadeia da cidade e liberado sem precisar pagar fiança. Ele e sua esposa mais tarde foram encaminhados ao hospital de Illinois  para tratar pequenas queimaduras.

Lori Miller disse que seu filho estava se prepaprando para adotar Riley e que a família está considerando fazer uma ação legal contra a cidade na Justiça. Já Jenne disse que está aguardando esta ação judicial.

Polícia divulga nome de integrantes de quadrilha suspeita de assaltar agência do Bradesco no Sertão pernambucano

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou na noite de quinta-feira (7) o nome dos suspeitos de assaltarem a agência do Bradesco na cidade de Granito, Sertão do Araripe. A perseguição policial iniciada na madrugada desta quarta-feira resultou na prisão de quatro deles: Felipe Bernardes Andrade, 28 anos, Edmilson Cavalcante Pereira, 29, Alan Gomes da Silva, 31, e Ivanildo Alves Da Silva, 28. Os dois últimos estão gravemente feridos e foram socorridos para o Hospital Regional Fernando Bezerra, na cidade de Ouricuri, também no Araripe.

Parmairim 4
Foto: Nilson Macedo

Outros quatro assaltantes foram mortos no confronto que ocorreu entre os povoados da Quixaba e Barro, município de Parnamirim, Sertão Central. Os assaltantes foram identificados como Antonio Vieira da Silva, 26 anos, Jorge Luís Alves Gomes, 30, Flávio Fernandes Nunes, 26. O quarto suspeito que morreu foi identificado apenas pelo prenome de Josevandro.

Com os grupo a polícia apreendeu uma caminhonete Nissan Frontier de Placa PEM-4643, toucas ninjas e um verdadeiro arsenal formado por onze armas de fogo, entre elas três pistolas calibre 40, outras três calibre 380, uma calibre 9 milímetros, duas espingardas calibre 12 retrocarga, uma metralhadora de fabricação caseira, revólveres calibre 38, munições de diversos calibres e mais de R$ 98 mil em dinheiro e R$ 5 mil em cheques, além de celulares.

De acordo com a delegada Eliana Macedo Bezerra, os presos que foram socorridos à unidade hospitalar em Ouricuri estão custodiados por policiais militares. Já Felipe Bernardes e Edmilson Cavalcante estão prestando esclarecimentos e serão recolhidos nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (8), no Presídio de Salgueiro, Sertão Central, onde ficam à disposição da justiça. Já os corpos dos que morreram foram conduzidos ao IML de Petrolina para perícia. Participaram da operação policiais civis e policiais militares das equipes do Gati, Rocam e Ciosac. As informações são da assessoria da Polícia Civil.

Seca impede crescimento do Nordeste

secas_nordesteO segundo ano consecutivo de seca na região Nordeste do país praticamente anulou as expectativas de expansão da produção agrícola da região. O levantamento de safra mais recente do IBGE aponta uma expansão de 1,5%, ante uma previsão inicial de 40% de aumento, no início do ano. “As previsões foram caindo, foram caindo, até chegar a uma situação de estabilidade, na prática “comentou o diretor de Política Monetária, Carlos Hamilton de Araújo, durante a divulgação do Boletim Regional do BC, em Fortaleza.

As frustrações na área agrícola combinadas com o crescimento moderado do setor industrial resultaram em um nível de atividade de 0,1% do IBCr-NE (Índice de Atividade Econômica do Banco Central – Nordeste) no trimestre encerrado em agosto, mesmo resultado registrado para o Brasil. Foi quebrada a rotina segundo a qual o Nordeste vinha apresentando, em média, resultados econômicos melhores que o do restante do país. Mas, segundo o diretor do Banco Central, a tendência é de recuperação.”O comércio varejista está em crescimento, em especial os setores de veículos e material de construção”, diz.

Segundo Carlos Hamilton, os resultados são sustentados pela expansão “ainda que moderada” do crédito, do mercado de trabalho e dos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e deficientes pobres, no valor de um salário mínimo. Para mostrar o peso das transferências de renda para a atividade econômica da região, Carlos Hamilton fez algumas comparações: embora reúna 28% da população brasileira, o Nordeste concentra 51% dos beneficiários do Bolsa Família e 35% dos segurados que recebem BPC.

De acordo com dados do Banco Central, as vendas do comércio varejista cresceram 3% entre junho e agosto, na comparação com o trimestre anterior. A receita nominal do setor de serviços aumentou 10,9% em relação ao trimestre finalizado em agosto de 2012. “Nos próximos trimestres, a atividade econômica no Nordeste tende a ser beneficiada pela continuidade da expansão da massa salarial ampliada e, possivelmente, pela recuperação da renda agrícola”, informa o relatório divulgado pelo diretor do Banco Central.

Luciano Ximenes, economista do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste, ligado ao Bando do Nordeste, reforça o diagnóstico do diretor do BC. Segundo ele, a situação socioeconômica do nordestino hoje “é muito diferente de outrora” e os efeitos das secas têm sido mitigados desde meados da década de 1990 com a capilaridade dos programas sociais, de saúde e de transferência de renda, além de infraestrutura de recursos hídricos, estradas, transportes, programas de eletrificação rural. Mas, de acordo com o técnico, ainda faltam políticas para lidar com o fenômeno da seca. “A implantação de ações efetivas de convivência com a seca são tímidas e sazonais, emergenciais, de alto custo e pouco eficientes, mesmo sabendo-se que é um fenômeno climático natural e recorrente no semiárido”, afirma ele.

Ximenes destaca que cerca de 60% das propriedades rurais do Nordeste são pequenas, com área inferior a 10 hectares. Assim, “ações locais no âmbito da agricultura familiar são imperativas e devem incluir alternativas de geração de renda não agrícolas”, afirma.

Na Bahia, por exemplo, a seca provocou uma contração de 3,9% da agropecuária no segundo trimestre de 2013 comparado a igual período do ano anterior, de acordo com dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Mas a contração foi compensada pela expansão de 6,5% do setor industrial e de 3,1% no setor de serviços.

Em Pernambuco, foi registrada uma retração de 4,4% na agropecuária, contra expansões de 2,4% da indústria e de 1,3% dos serviços no segundo trimestre deste ano em comparação como trimestre anterior, conforme dados da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco.

Luciano Ximenes diz que, diante dos registros históricos de precipitação na região, as perspectivas para 2014 são favoráveis, apontando um período chuvoso acima da média. Em 2012, a perda das lavouras temporárias no Nordeste chegaram a 13 milhões de toneladas.

SERTÃO: Quatro suspeitos de explodir caixa eletrônico morrem em confronto com a Polícia Militar

parnamirim2

Quatro dos oito suspeitos de explodir um caixa eletrônico do Bradesco no município de Granito, Sertão pernambucano, na madrugada da última quarta-feira (6), morreram após uma troca de tiros com policiais militares na cidade de Parnamirim. Outros quatro envolvidos no crime foram capturados, dois deles ficaram feridos no confronto. A PM estava em busca dos assaltantes desde que o crime ocorreu e conseguiu encontrá-los na tarde desta quinta (7) em uma área de mata.

De acordo com o tenente-coronel Clenildo de Azevedo Nunes, comandante do 7º BPM, os suspeitos chegaram a invadir uma residência enquanto fugiam dos policiais. “Depois que explodiu o caixa eletrônico, o grupo entrou em confronto com os policiais, mas conseguiu fugir adentrando em uma área de mata. Nós continuamos realizando buscas e conseguimos encontrar os suspeitos nas proximidades do povoado de Quixaba, em Parnamirim. Enquanto tentavam fugir eles chegaram a invadir uma residência e mantiveram uma mulher e algumas crianças reféns”, disse.

parnamirim1
Outros quatro envolvidos no crime foram capturados, dois deles ficaram feridos no tiroteio

O encontro da polícia com os assaltantes resultou em um tiroteio que deixou três dos suspeitos mortos. Segundo a PM, o quarto bandido morto cometeu suicídio. Os dois assaltantes feridos na ação foram encaminhados ao Hospital de Parnamirim e depois transferidos para o Hospital de Ouricuri.

armamento apreendido
armamento apreendido

“Com o grupo encontramos 11 armas de fogo, 14 carregadores de diversos calibres, 387 munições e quatro aparelhos celulares. No carro que eles utilizaram para fugir do local da explosão do caixa e que foi abandonado logo depois foram encontradas seis bananas de dinamite e três espoletas”, concluiu o coronel Nunes.

A polícia também recuperou R$ 98.196,00 com os suspeitos, além de cheques no valor de R$ 5.950,00. O caso foi registrado na Delegacia de Parnamirim.

 

Servidores rejeitam proposta para equilibrar Sassepe

sassepeOs servidores públicos estaduais rejeitaram, nesta quinta-feira (7), em assembléia geral da categoria, a proposta do governo do estado para equilibrar as contas do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado de Pernambuco (Sassepe). O serviço de saúde acumula um déficit mensal de R$ 3 milhões e dívidas de cerca de R$ 40 milhões com a rede assistencial e os prestadores de serviços.

Pela proposta do executivo estadual, as alíquotas de contribuição dos servidores devem variar de 4,5% (menor faixa etária) até 5,5% (maior faixa etária), o que equivale ao reajuste de 15%. Hoje a alíquota única é de 4,5%. Os dependentes pagarão alíquotas de 1,5% (menor faixa etária) até 2,3% (maior faixa etária). De acordo com Paulo Rocha, presidente do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais da Central Única dos Trabalhadores (CUT), o governo não ofereceu contrapartida para aumentar a sua contribuição mensal de R$ 5,4 milhões.

Outra reivindicação dos servidores é que o Estado assuma o pagamento da folha de pessoal das cooperativas e dos prestadores de serviços. No próximo dia 18 haverá uma nova rodada de negociação dos servidores públicos com a Secretaria de Administração (SAD). Está programado para o dia 14 deste mês uma panfletagem na Avenida Conde da Boa Vista, para denunciar à crise no Sassepe.

Procon-PE alerta sobre reajuste de mensalidade escolar e cobrança de taxa de pré-matrícula

material-escolarO Procon Pernambuco divulgou, nesta quinta-feira (7), uma nota para alertar os pais de alunos sobre reajuste de mensalidade escolar e cobrança de taxa de pré-matrícula. Com a chegada do fim do ano letivo, alguns estabelecimentos de ensino estão cometendo práticas como exigir taxa de reserva de matrícula, cobrar mensalidade extra e divulgar o valor da anuidade ou semestralidade, sem mostrar a planilha de custo para respaldar o valor do reajuste cobrado.

Tais práticas são consideradas ilegais, segundo o órgão. A Lei federal n° 9.870/99, estabelece critérios para o valor das anuidades escolares e seus reajustes. De acordo com a lei, o valor das parcelas da anuidade ou semestralidade não pode ser reajustado em prazo inferior a um ano. Além disso, não existe percentual máximo para o reajuste da mensalidade, no entanto, ele deve ser compatível com a prestação do serviço.

A lei determina ainda que os estabelecimentos de ensino devem divulgar uma planilha de custos em local de fácil acesso ao público, com antecedência mínima de 45 dias da data da matrícula. Nesta planilha deve constar o valor total da anuidade ou semestralidade, bem como todos os custos da escola.

De acordo com o Procon-PE, a matrícula é uma parcela da anuidade ou semestralidade. A cobrança de taxa de reserva de matrícula ou taxa de pré-matrícula é uma prática ilegal, sendo somente permitida para os alunos novatos ou para aqueles pais que espontaneamente quiserem pagar, não sendo obrigatório. Contudo, o valor pago a título de reserva de matrícula deverá ser descontado na primeira mensalidade.

Dessa forma, o Procon-PE recomenda que os pais de alunos fiquem atentos para toda e qualquer cobrança efetuada pelas instituições de ensino. É preciso exigir a divulgação da planilha de custo e a cópia do contrato da prestação do serviço. Caso as escolas não cumpram as determinações da Lei, o consumidor poderá denunciar, sendo garantido o anonimato. O telefone do órgão para denúncias é (81) 3181-7000.

Delegado pernambucano disponibiliza celular e facebook para receber denúcias

O delegado Igor Leite, 30, responsável pela Delegacia de Jaboatão Centro, no Grande Recife, disponibilizou no Facebook seu telefone funcional para que a população possa denunciar diretamente a ele situações de risco à comunidade. A campanha intitulada “Fale com o seu delegado”, criada por Leite, tem facilitado a coleta de informações que ajudem na atuação da polícia.

delegadoA postagem do dia 4 de novembro convoca a comunidade a cooperar com a polícia via o próprio perfil de Igor Leite ou pelo celular 9488-7171. O delegado assegura a verificação de todas as denúncias e a preservação do anonimato dos denunciantes. “Quanto mais informações e detalhes repassarem, melhor para nosso trabalho e para a paz e segurança no bairro”, diz a postagem.

Através da internet, o delegado já conseguiu informações que o ajudaram na realização de mais de 30 prisões. “Quando eu voltei de férias, decidi fazer essa campanha para aproximar a polícia da população. Nós trabalhamos com pessoas, por isso precisamos trabalhar o nosso lado pessoal para conquistar a confiança delas”, disse Leite.

Questionado sobre a possibilidade da exposição atrapalhar sua vida pessoal, Igor comenta que o “custo-benefício” de realizar esta campanha é muito positivo para seu trabalho. “Essa maneira de trabalhar, particularmente, ajuda muito na atuação da polícia. Acredito que vale a pena abrir mão em prol da segurança”, avalia o delegado.

Ele acredita que essa conduta possa influenciar o trabalho de outras delegacias. “No começo eu ouvi algumas críticas, mas o resultado mudou a percepção das pessoas”. Atuando desta maneira, Igor já conseguiu fotografias de suspeitos, informações estratégicas para investigações e detalhes que não foram previstos pela polícia, tudo através da internet.

A Delegacia de Jaboatão Centro atende mais de 200 mil pessoas em sua área de atuação. Em dezembro deste ano completará um ano que Igor Leite está à frente da circunscrição, desde quando veio da Delegacia de Homicídios de Piedade, junto com cinco policiais que decidiram acompanhar o delegado. “Lá eles recebiam uma gratificação elevada e quando decidiram me seguir, deixaram de receber este valor. Acho que é um grande exemplo de companheirismo profissional e de que eles acreditam no meu trabalho”, disse o delegado.

Dilma assina decreto autorizando migração de rádios AM para FM

radio (2)No Dia do Radialista, a presidente Dilma Rousseff assinou hoje (7), em cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que permite a migração das rádios AM para a faixa FM. O decreto atende a um pleito do setor, preocupado com o aumento dos níveis de interferência. No discurso, Dilma disse que as rádios AM são um patrimônio do país e que o Estado deve dar as condições para que elas continuem prestando serviços e se adaptando.
A presidente também relembrou programas da Rádio Nacional que ouvia na infância, de vozes e artistas que fizeram sucesso no veículo de comunicação. Segundo ela, seu programa semanal no rádio, o Café com a Presidenta, propicia chegar mais perto da população, como uma conversa.

Vírus no Facebook explora anúncio sobre dificuldades para perder peso

virus

Uma nova mensagem com vírus está se espalhando no Facebook, promovendo um produto para emagrecimento. As pessoas infectadas divulgam a mensagem marcando diversos amigos, na postagem e nos comentários, para garantir que o link seja visto pelo maior número possível de pessoas.

Quem clicou no link não está necessariamente infectado. No entanto, se o perfil no Facebook publicou a mensagem é importante verificar a lista de aplicativos e extensões do navegador.

A multinacional Healwheel, responsável pelo produto Ultra Slim, informou que conseguiu identificar o afiliado responsável pela publicação do anúncio malicioso na rede social. “Estamos em contato com a IID (Internet Identity), que tem o Facebook como cliente e detectou o anúncio indevido, para rastrear o afiliado (publisher) que espalhou isso”, informou Bruno Ahualli, administrador da Healwheel do Brasil, ao G1.

“Nosso produto é vendido por terceiros [rede de afiliados] e temos uma política de conformidade para evitar envio de spams, vírus etc.”, disse Ahualli. “É ruim para nosso ecossistema que um afiliado faça isso”, afirmou.

Idade para exame de próstata passa de 45 para 50 anos

10f854f84c20130517053635Em pleno Novembro Azul, mês em que são realizadas campanhas sobre a importância da detecção precoce do câncer de próstata, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) vai aumentar de 45 para 50 anos a idade mínima recomendada para que um homem procure um médico para fazer os exames rotineiros para diagnóstico precoce da doença. A nova orientação será anunciada no 34.º Congresso Brasileiro de Urologia, que começa no dia 16 deste mês, durante o lançamento de um livro que vai nortear a prática no País.

No caso de homens de pele negra, obesos ou que tenham histórico familiar a recomendação também muda: a idade mínima para o monitoramento salta dos atuais 40 para 45 anos.O Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, nem sequer recomenda uma idade mínima para que o homem faça exames de rotina – o órgão é contra o rastreamento populacional e recomenda que o homem procure o médico somente quando tiver sintomas

Fãs sertanejos ansiosos para show de Roberto Carlos em Caruaru

roberto carlos

O “Rei” da música brasileira, Roberto Carlos, vai desembarcar em Caruaru dia 06 de dezembro para um show inesquecível. A oportunidade tem deixado fãs sertanejos ansiosos. Dono de sucessos épicos e contemporâneos como “Como é grande o meu amor por você”, “Emoções” e do recente “Esse Cara Sou Eu”, provocará  muitas emoções no público, que sempre é marcado com a presença de fãs de todas as idades.

Roberto, que recentemente deu entrevista inédita ao Fantástico afirmando ser a favor de biografias autorizadas desde que haja uma conversa prévia entre autores e biografados ou sua representação,  estará emocionando gerações na casa de show’s Palladium Caruaru.

Para quem não mora em Caruaru, os ingressos estão a venda através do site http://www.ingressorapido.com.br

Serviço:

Show – Roberto Carlos

Data: 06/10

Local: Palladium Caruaru – Acesso para Rodovia BR 104, 1846

Ingressos: Pista: R$ 80 / Área Vip: R$ 120 / Mesa para 4 pessoas: R$ 800 / Mesa para 6 pessoas: R$ 1.200 / Camarote simples para 10 pessoas: R$ 2.000 / Camarote Especial: Esgotado

Integrantes do MST ocupam vinícola há quase um mês no Sertão de PE

sem-terraTrabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) estão acampados há quase um mês na fazenda Milano, em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do estado, a 600 quilômetros do Recife. A vinícola produz vinhos e espumantes. A direção da fazenda informou que houve vandalismo dentro da propriedade.

São mais de duas mil pessoas – cerca de 400 famílias acampadas em barracas de lona e de palha. De acordo com o integrante do MST José Felisberto Silva, o movimento ocupou a área após ter recebido algumas informações do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). “Eles passaram para nós que a fazenda poderia ser ocupada pelos trabalhadores rurais sem terra”, afirmou.

Os donos da fazenda não concordaram com a invasão, por isso um pedido de reintegração de posse foi solicitado e expedido ainda no dia 14 de outubro pela Comarca de Santa Maria da Boa Vista. Só que nenhum oficial de Justiça cumpriu a ordem, o que impede a ação de retirada por parte da polícia. Os integrantes do Movimento Sem Terra ocupam a área desde o dia 12 de outubro.

Imagens gravadas por funcionários da fazenda Milano mostraram que o movimento tentou invadir outra área da propriedade, onde está a fábrica de vinho. Algumas garrafas que estavam prontas para venda foram destruídas. Os integrantes do MST disseram que o ato foi apenas uma demonstração do movimento, mas negam qualquer tipo de vandalismo.

O diretor da fazenda, José Gualberto, disse que se sente inseguro após a invasão. “As autoridades públicas já sabiam que isso poderia ocorrer, porque o movimento disse que o faria. Pior do que isso, disse que voltará para queimar a vinícola”, contou.

Ana Maria Braga pagou R$ 1 milhão para se livrar do ex-marido

ana maria

Sabem aquela frase clássica de novela: “quanto você quer pra sumir da minha vida?”. Pois é, foi exatamente isso que Ana Maria Braga disse ao ex-marido.
De acordo com o colunista Léo Dias, “Ana maria” perguntou a Marcelo Frisoni quanto ele queria pra nunca mais procurá-la. A resposta do querido?
– Um milhão de reais. E a separação só pode ser anunciada depois de três meses.
Acordo feito, o rapaz só esperou o fim de alguns negócios, que dependiam dele ainda estar casado, para anunciar a separação.

Dois homicídios em menos de 06 horas foram registrados em Juazeiro do Norte/CE

Dois homicídios foram registrados em um intervalo de seis horas de ontem para hoje em Juazeiro do Norte/CE. O primeiro se deu por volta das 19h30min, na Rua Socorro Norões Mota (Triângulo), onde Geyson Vanuncio Parente Alencar, de 19 anos, tombou morto após ser alvejado a tiros de revólver. Já por volta de 01h30min da madrugada desta quinta-feira, foi a vez de Anderson da Silva, de 28 anos, que residia na Rua do Limoeiro, 2276 (Pirajá) em Juazeiro.

Populares residentes nas imediações do cruzamento da Avenida Castelo Branco com a Rua Santa Isabel (Limoeiro), disseram ter ouvido estampidos de arma de fogo e, ao saírem à rua, um homem caído e agonizando no solo. A polícia foi avisada e ainda ouviu do rapaz a informação de que estava em uma borracharia quando chegou um homem a pé e atirou atingindo-o na coluna vertebral.

Imediatamente, Anderson foi socorrido para o Hospital Regional do Cariri, onde faleceu momentos depois em virtude da gravidade dos ferimentos. O mesmo respondia inquéritos policiais por furto, roubo, ameaça e crime contra a administração pública, sendo que a polícia diligenciou nas imediações, porém não localizou o acusado. Foi o quinto homicídio de novembro e o 118º do ano em Juazeiro do Norte.

TJ: Obrigação de resultado em cirurgia estética inverte ônus da prova

stjA Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deu provimento a recurso especial de um paciente insatisfeito com o resultado de rinoplastia, cirurgia para melhorar a aparência e a proporção do nariz. Para os ministros, o ônus da prova, na hipótese, deveria ter sido invertido, pois se trata de obrigação de resultado.

O recorrente alega que se submeteu a cirurgia a fim de corrigir problema estético no nariz, mas, decorrido o prazo estabelecido pelo cirurgião para que o nariz retornasse à normalidade, constatou o insucesso da rinoplastia, motivo pelo qual o médico realizou nova cirurgia, às suas expensas.

Essa segunda cirurgia, no entanto, teria agravado ainda mais o quadro do paciente, o que o levou a procurar outro cirurgião, para realizar a terceira cirurgia, na qual obteve resultado satisfatório. Decidiu, então, ajuizar ação por danos morais e materiais contra o primeiro médico que o atendeu.

Ônus da prova

A sentença julgou o pedido improcedente, em razão da ausência de comprovação de que o médico agiu com negligência, imprudência ou imperícia.

O acórdão de apelação confirmou a sentença: “Na ausência de provas, afasta-se qualquer hipótese de o apelado ter sido negligente, imprudente ou imperito. Os elementos dos autos são claros e objetivos, quando afirmam que o apelado bem realizou os procedimentos necessários quando da cirurgia, sendo que não há prova de que tenha realizado o procedimento de maneira incorreta, ainda que tenha havido a necessidade de mais do que um procedimento para que o autor viesse a ter o resultado que esperava para o seu problema.”

No recurso especial, o paciente apontou divergência entre as decisões e a jurisprudência do STJ. Argumentou que, por se tratar de procedimento estético, o médico assume a obrigação de resultado, cabendo-lhe o ônus da prova.

Nova apreciação

A ministra Nancy Andrighi, relatora, observou que, apesar de o acórdão ter reconhecido que a obrigação, nos procedimentos estéticos, é de resultado, “não aplicou a regra de inversão do ônus da prova prevista na legislação consumerista, mas sim a regra geral de distribuição do ônus da prova prevista no Código de Processo Civil (CPC)”.

Para a relatora, cabe ao médico provar que não foi responsável pelos danos alegados. A partir dos fundamentos do acórdão recorrido, segundo ela, não é possível aferir se o médico logrou produzir as provas, “tendo em vista que o tribunal de origem, embora tenha reconhecido que se trata de obrigação de resultado, analisou apenas a correção das técnicas utilizadas nas cirurgias”.

Para permitir ao médico a produção de eventuais provas, a relatora determinou a remessa dos autos à instância inicial, para que seja feita nova instrução e novo julgamento.

Cotas em concursos públicos abrem polêmica

cotasO projeto de lei anunciado pela presidente Dilma Rousseff, que prevê reserva de 20% das vagas de concursos públicos para negros, ressuscitou o debate sobre o sistema de cotas. Se, para parte dos especialistas, a separação de postos para afrodescendentes no mercado de trabalho é um ganho natural após a garantia desse direito nas universidades públicas, outros tantos acreditam que, caso seja aprovada no Congresso Nacional, a proposta pode acabar com o sistema de meritocracia que deve reger os certames para a Administração Pública.

A professora Carmen Migueles, da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas na Fundação Getulio Vargas (FGV), concorda que, com a exclusão histórica dos negros, devem ser adotadas políticas afirmativas. Ela acredita, contudo, que o sistema de cotas pode representar um problema de gestão para o governo federal.

“O concurso nunca discriminou por cor. O que estão fazendo é criar uma seleção adversa, dando direito a quem não conseguiu passar por nota. O governo fere os princípios da gestão do Estado, ao priorizar a entrada, na máquina pública, de pessoas menos preparadas para exercer funções importantes”, afirmou. Na opinião dela, as cotas podem provocar um inchaço no governo, que vai ficar mais caro e, possivelmente, mais incompetente para a prestação de serviços a uma sociedade que paga impostos pesadíssimos.

Criador do sistema de cotas na Universidade de Brasília (UnB), o professor José Jorge de Carvalho discorda e acredita que, além de bem-vinda, a notícia é uma consequência natural da luta pelos direitos dos negros. “Assim que se formasse, a primeira geração do programa de cotas das universidades encontraria a mesma dificuldade no mercado de trabalho. Eles não conseguiriam transplantar a inclusão para o serviço público, porque continua havendo um contingente muito maior de concorrência branca”, explicou.

Segundo o professor, atualmente, a presença dos negros não chega a 1% entre os cargos mais importantes dos Três Poderes. Entre os 620 procuradores da república, por exemplo, apenas sete são negros. Entre os ministros, só uma, a titular da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros.

Para Marcelo Paixão, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a decisão da presidente foi acertada, mas talvez seja necessário criar algum tipo de restrição, já que, diferentemente do vestibular, o concurso não tem uma nota mínima de corte. “Talvez o Congresso estipule alguma exigência que elimine candidatos que não têm o mínimo de conhecimento necessário”, ressaltou. “A questão das cotas pode gerar muita polêmica, mas tem um objetivo correto, que é o de aumentar a diversidade”, completou.

Cautela

Na Esplanada dos Ministérios, a discussão está aquecida. “Para mim, isso é racismo. Um candidato não é menos capaz por ser negro. O certo é que haja cotas sociais, para pessoas com menos condições financeiras”, opinou a servidora Suely de Jesus, 46 anos. Graduada em administração desde 2006, ela lembrou que, mesmo sendo negra, recusou-se a concorrer no vestibular por cotas em 2000. “Um professor me perguntou o porquê de eu estudar em uma faculdade particular, se podia concorrer pela Universidade de Brasília (UnB)”, contou. “Trabalhava em dois estágios para pagar a mensalidade. Nunca aceitei a ideia de entrar na universidade pública por ser negra”, afirmou.

Servidor do Executivo, Joselito Gomes, 46, acredita que a tramitação deve ocorrer com cautela no Congresso. “É importante que os parlamentares promovam amplos debates com a sociedade, porque esse não é um tema simples a ser abordado”, avaliou.

Até 40% das vagas

As vagas exclusivas para negros não serão, se aprovadas, o único tipo de reserva para o ingresso no serviço público. Hoje, uma parte dos postos já é obrigatoriamente separada a pessoas com deficiência — pela Lei nº 8.112/1990 e pelo Decreto nº 3.298/1999, o percentual pode variar entre 5% e 20% do total de chances oferecidas na seleção. Somadas, as duas cotas destinarão até 40% dos postos ao beneficiários das políticas afirmativas, considerando-se que o edital estipule o teto para deficientes. Assim, das cerca de 47 mil chances de ingresso no funcionalismo estimadas pelo Ministério do Planejamento para 2014, quase 19 mil devem ficar para os cotistas.

Atualmente, pelo menos quatro estados e 28 cidades do país já reservam vagas a afrodescentes em concursos, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir). Em outros 10 municípios, houve aprovação da cota racial, mas as leis foram derrubadas no Judiciário. Na maioria das iniciativas, a cota é igual ou inferior a 20%. A maior proporção é de 44%, em Viamão (RS).

O texto do projeto de lei (PL) anunciado pela presidente Dilma Rousseff diz que a reserva de vagas para negros será aplicada apenas para seleções nas quais o número de cargos oferecidos for igual ou superior a três. Além disso, a norma só vale para empregos públicos no âmbito da administração federal, das autarquias, das fundações, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União.

Membro da Comissão de Fiscalização de Concurso Público da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF), Max Kolbe classifica o sistema proposto como “absurdo”. “Acredito que esse PL tem um cunho muito político. Concurso público é meritocracia, não tem essa história de cotas”, afirmou. Só poderão concorrer, de acordo com o projeto, os candidatos que se autodeclararem negros ou pardos na inscrição do concurso, “conforme o quesito de cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”.

Para Marcelo Paixão, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o mérito deve ser calculado “à luz das variáveis sociais”. “Uma pessoa que nasceu negra e sem recursos, que teve que passar por muitas dificuldades na vida, muitas barreiras, não pode ser colocada como alguém que não tem méritos. Os obstáculos no caminho para alguns são enormes e para outros muito pequenos ou nem existem.”

Concomitância

Assim como ocorre nas universidades, quem concorre pela cota racial, segundo a proposta da presidente, poderá disputar, ao mesmo tempo, as vagas destinadas à ampla concorrência. Os candidatos que tiverem nota para serem classificados fora das cotas não serão computados entre os aprovados nos cargos reservados. Além disso, a nomeação dos aprovados “respeitará os critérios de alternância e proporcionalidade, que consideram a relação entre o número de vagas total e o de reservadas a candidatos com deficiência e a negros”. Assim que for aprovada, a lei tem vigência por 10 anos e não se aplicará aos concursos que já tiverem seus editais publicados antes da entrada da matéria em vigor

Instituto de Pesos e Medidas de PE abre concurso para 50 vagas

ipem-peO Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e delegado do Inmetro, inscreve a partir de quinta-feira (7) para concurso com 50 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 883,66 a R$ 1.956,67. No site órgão, é possível ver o edital (acesse o edital).

Há cinco vagas para profissionais de nível fundamental. Os cargos são para auxiliar de gestão em metrologia e qualidade industrial. As 40 vagas de nível médio são para assistente de gestão em metrologia e qualidade industrial.

A seleção ainda prevê cinco oportunidades para candidatos de nível superior: são cinco vagas para analistas de gestão em metrologia e qualidade industrial, nas especialidades em direito, engenharia civil, analista em sistemas informatizados e analista em recursos humanos. Todos os convocados cumprirão jornadas de 30 horas semanais.

Do total geral de ofertas, cinco são reservadas para pessoas com deficiência. Quem possuir alguma deficiência deverá declarar a situação no ato da inscrição. Selecionados vão trabalhar no Recife, Caruaru (Agreste) e Petrolina (Sertão).

As inscrições devem ser feitas até 9 de dezembro pelo site do Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Sustentável (Ipad), organizador da seleção. A taxa de inscrição é de R$ 45 para fundamental, R$ 55 para médio e R$ 70 para superior.

Interessados em solicitar a isenção devem ser membros de famílias de baixa renda e possuir Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Eles também devem fazer a inscrição até sábado (9). O resultado estará disponível até 30 de novembro, no site do Ipad.

O concurso será realizado em etapa única, com prova objetiva de conhecimentos, que está marcada para 26 de janeiro. O exame será constituído de 40 questões de múltipla escolha para todos os participantes. A validade da seleção será de dois anos, prazo este que poderá ser prorrogado por igual período.

Empresária morre após cirurgia de redução de estômago

Fernanda Nóbrega tinha 26 anos e pesava 80
Fernanda Nóbrega tinha 26 anos e pesava 80

A busca por um padrão de beleza levou Fernanda Nóbrega, 26 anos, a uma mesa de cirurgia. Uma complicação no pós-operatório tirou-lhe a vida. Empresária, mãe de duas crianças, de 3 e 4 anos, casada, Fernanda decidiu ser magra há cerca de dois meses, na mesma época em que lançou uma marca de roupas e abriu uma loja. Os negócios na área de moda, pensou, jamais dariam certo se comandados por uma pessoa como ela, considerada acima do peso. Diante dos 80 quilos distribuídos em 1,62 m, Fernanda não optou pelo regime. Muito pelo contrário. Em 60 dias, ganhou mais dez quilos e partiu para o caminho que entendeu ser mais rápido: a cirurgia de redução de estômago. Faleceu no sábado. No último domingo, foi sepultada. Após sua morte, a família fala em uma “indústria da cirurgia bariátrica no Recife”.

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) apontam que de cada 100 pacientes operados no mundo, 13 sofrem algum tipo de complicação. O índice de mortes entre os cirurgiados é considerado muito baixo, de 0,16%. Os familiares de Fernanda bem que tentaram mudar a decisão dela. Achavam que a operação seria uma intervenção radical e desnecessária, já que ela não tinha obesidade mórbida ou outras doenças ligadas ao sobrepeso. “Minha irmã era muito vaidosa, era linda. Sempre foi um pouco gordinha e a gente até chamava ela de fofinha. Depois dos filhos, ganhou mais peso, mas com a abertura da loja, passou a achar que estava com o corpo fora dos padrões. De dois meses para cá, começou a comer demais. Disse que era para ganhar peso para fazer a cirurgia. Achamos que ela foi induzida pelo médico a engordar”, comentou Andréa Nóbrega, única irmã de Fernanda. A pedido da família, o nome do médico e do hospital serão mantidos em sigilo. Os parentes pretendem procurar a Justiça.

Com um Índice de Massa Corpórea (IMC) em torno de 30 kg/m e sem problemas de saúde relacionados à obesidade, como garante a família, Fernanda jamais poderia fazer a cirurgia. Por isso teria engordado. Esse é o nó que os parentes pretendem desatar. “Ela procurou especialistas sérios exigidos pelo plano para conseguir laudos que possibilitassem a cirurgia, mas todos disseram não a ela, pois achavam que ela poderia perder peso de outra forma. Só que depois ela conseguiu os laudos que precisava com um médico indicado pelo cirurgião”, disse o marido de Fernanda, Higor Cayo dos Anjos, 19. Um dos laudos seria de um endocrinologista e apontava uma tentativa de regime sem sucesso por dois longos anos, sendo mentira.

Fernanda foi operada no último dia 29 e depois de dois dias recebeu alta. Ao longo da madrugada, passou mal, vomitando muito em casa, e voltou para o hospital, onde precisou ser novamente operada. Segundo a família, teria sido diagnosticada com obstrução no intestino. Dois dias depois da segunda intervenção, morreu. Queixava-se de falta de ar. “O médico chegou a dizer que iria chamar o psicólogo porque ela estava ansiosa”, disse o marido. O atestado de óbito  apontou como causa da morte embolia pulmonar. O laudo do IML não ficou pronto.