Rodada é finalizada e o Santa Cruz fica a 3 pontos do G4

Depois de vencer o Brasil de Pelotas/RS, o Santa Cruz aguardava os jogos de sábado(8) para saber seu posicionamento ao final da rodada. Depois de situar-se na 5ª colocação, o Mais Querido poderia terminar no 9º lugar, dependendo dos resultados.

Ao certo, sabia-se que pelo menos uma posição seria perdida, pois qualquer resultado do confronto entre Internacional/RS e Criciúma/SC deixava uma das equipes à frente do Tricolor. Com o placar de 1×1, os gaúchos deixaram a Cobra Coral para trás. Dos outros duelos que poderiam mexer com o Santa Cruz na tabela, apenas a vitória do Ceará sobre o Figueirense/SC por 2×0 fez com que o alvinegro cearense também chegasse a ultrapassar o clube das três cores.

Assim, o Santa Cruz termina a 12ª rodada na sétima posição, com 17 pontos ganhos. Ceará e Inter ocuparam as 5ª e 6ª colocações, respectivamente, ambos com 18 pontos. O Vila Nova/GO, quarto colocado, soma 20 pontos conquistados. O próximo compromisso coral marca embate com o Luverdense/MT, 19º lugar com 12 pontos.

 

Resultados da 12ª rodada:
Paysandu/PA 1×2 Londrina/PR
ABC/RN 0x1 Náutico
Goiás 3×1 Luverdense/MT
Paraná 1×1 América/MG
SANTA CRUZ 3×0 Brasil de Pelotas/RS
Internacional/RS 1×1 Criciúma/SC
Figueirense/SC 0x2 Ceará
Oeste/SP 2×2 Vila Nova/GO
Juventude/RS 2×0 Guarani/SP
Boa Esporte/MG 0x0 CRB/AL

Jogos da 13ª rodada:
Criciúma/SC x Paysandu/PA
Brasil de Pelotas/RS x Oeste/SP
Londrina/PR x ABC/RN
Ceará x Internacional/RS
Vila Nova/GO x Paraná
Guarani/SP x Goiás
América/MG x Boa Esporte/MG
Náutico x Juventude/RS
Luverdense/MT x SANTA CRUZ
CRB/AL x Figueirense/SC

Sport revela real motivo da ausência de Diego Souza contra o Coritiba

Assediado pelo Palmeiras, o meia-atacante Diego Souza faltou ao treino do Sport deste sábado (8 de julho) e não viajou com a delegação para o jogo contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. Arnaldo Barros, presidente do clube pernambucano, deseja manter o jogador de 32 anos em Recife, desde que essa seja a vontade do próprio atleta.

Por meio de nota oficial, o Sport esclareceu que o empresário de Diego Souza alegou motivos pessoais para explicar a ausência do atleta na delegação rubro-negra. Com seis jogos no Campeonato Brasileiro, ele não poderá defender outro clube no torneio caso enfrente o Coritiba na noite desta segunda-feira (10).

“Não estamos negociando com nenhum clube, até porque não nos interessa. Ele joga no Sport enquanto estiver satisfeito. No dia que disser que não quer ficar, nós também não vamos querê-lo no elenco, porque não queremos ninguém insatisfeito. O Sport é maior que qualquer atleta ou dirigente”, disse Barros.

Contratado com status de estrela para suceder Gabriel Jesus, o colombiano Miguel Borja, pouco participativo, vem tendo um desempenho decepcionante. Assim, o técnico Cuca deseja um reforço para o ataque – o clube já tentou trazer Richarlison, do Fluminense, sem sucesso.

“Não há motivo para duvidar do Diego Souza. Vamos esperar ele resolver seus problemas e se apresentar ao clube. Não temos intenção de negociar o jogador. Agora, se o Palmeiras depositar a multa, não temos o que fazer”, ponderou Barros. O valor da multa rescisória do jogador é um mistério.

O vínculo de Diego Souza com o Sport termina apenas em 2018, mas o clube resolveu fazer uma proposta de renovação até o final de 2019 para tentar afastar os rumores de uma eventual saída. A negociação entre as partes ainda não foi concluída e enfrenta a concorrência da oferta do Palmeiras.

“Precisamos aguardar para ver o que houve, já que foi dito ter sido um motivo pessoal. Se não houver uma justificativa adequada, teremos que tratar o assunto de outra forma”, declarou Arnaldo Barros. “Estou defendendo os interesses do Sport”, reiterou o dirigente.

Com garantia de muito forró, Festa do Milho chega a sua 17ª edição em Cedro

A tradicional Festa do Milho de Cedro, no sertão de Pernambuco acontece este ano entre nos dias 8 e 9 de julho. A festa que homenageia os agricultores da cidade precisou contar com apoio de empresários e políticos para contecer, já que o município vive uma crise financeira.

Na sua 17ª edição, a festa conta com cerca de dez atrações musicais, principalmente do forró. No sábado (8) se apresentam Bond Xote, Chiquinho do Forró, Pegada Elevada, Dornelis e Edgar do Cedro. Domingo (9) o agito da festa fica por conta de Flor do Umbuzeiro, Forrozão Rei do Gado, Nação Forrozeira, Claudinho do Acordeon e Shampoo dos teclados, além de Forró do Muído. Com informações do G1 Petrolina.

Com mudanças na escalação, Salgueiro busca vitória contra o Remo para reagir na Série C do Brasileirão

Com dificuldades financeiras e sem vencer há seis jogos, o Salgueiro chega numa situação complicada a Belém-PA para encarar o Remo no domingo, pela 9ª rodada da série C do Campeonato Brasileiro. O time pernambucano amarga a lanterna da tabela de classificação do grupo A e precisa brigar por uma vitória fora de casa.

Para sair da difícil situação, além de vencer, o time precisa driblar algumas mudanças na escalação do time. No jogo, a equipe tem um desfalque importante, do atacante Willian Lira, que deixou o Carcará para atuar no futebol da Indonésia. Por outro lado, o técnico Evandro Guimarães vai poder contar com o retorno de Cassio Ortega, que estava no Fortaleza e deve ocupar o lugar deixado por Valdeir. Com informações do Globo Esporte.

PM erradica 89 pés de maconha em Floresta

Policiais militares destruíram uma pequena plantação, com 89 pés de maconha, em Floresta, no Sertão pernambucano. Uma equipe da ROCAM da 1ª CIPM foi informada que algumas pessoas estavam usando a área da antiga cadeia pública da cidade para fazer o cultivo da droga, por ser um local de difícil acesso.

Ao revistar a área, nesta quinta-feira (6), os PMs encontraram o plantio e passaram a fazer vigilância na tentativa de capturar o autor do crime. Como ninguém apareceu até as 4h30 da madrugada desta sexta-feira (7), eles decidiram fazer a erradicação da droga. Uma porção do produto foi levada para a Delegacia de Floresta, para se fazer o registro da ocorrência.

Carga de joias equivalente a R$ 1 milhão é apreendida pela PRF em Salgueiro

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu neste sábado uma carga de joias avaliadas em R$ 934.563 que não possuia nota fiscal. A apreensão aconteceu após policiais abordarem um veículo de luxo que passava na BR 116 em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco.

As joias estavam sendo transportadas em sete malas no interior do veículo, distribuídas entre o porta malas e o banco traseiro. Além dos itens de luxo, R$ 8.400 em espécie foram encontrados com o motorista.

A placa do automóvel tem o registro do Ceará e, segundo o condutor do veículo, a carga estava sendo conduzida para Juazeiro do Norte, no Ceará. Sem identidade revelada pela polícia, o homem tem 36 anos e informou que havia saído do Recife com os itens e que o propietário das joias é o seu cunhado.

De acordo com a PRF, o motorista foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Salgueiro, para apuração criminal, e em seguida à Secretaria da Fazenda Estadual, para aplicação das medidas tributárias. Com informações do Diário de Pernambuco.

Transposição do São Francisco será concluída em 2018

07 de Julho de 2017 – Visita do Ministro Helder Barbalho e do Governador Camilo Santana – obras tranposiÁ„o.
– CIDADE – 08ci1001 – ANDRÈ COSTA

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o governador Camilo Santana visitaram, na tarde dessa sexta-feira, as obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, neste Município, na região do Cariri cearense, divisa com o Estado de Pernambuco. O trecho estava há quase um ano paralisado e teve os trabalhos retomados no último dia 3, depois da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspender a decisão judicial imposta pelo desembargador federal Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), que impedia a continuidade das obras da transposição. Toda a obra fica concluída até o fim de 2018, segundo Barbalho.

O chefe do Executivo estadual destacou a importância da retomada das obras para a segurança hídrica do Ceará e ressaltou que o prazo de conclusão para o Eixo Norte, inicialmente previsto para doze meses, deve ser reduzido consideravelmente. “Essa é, sem dúvida, a obra mais importante em andamento em todo o País. Ao ser concluída, trará água para milhões de pessoas de vários estados e mais segurança hídrica, sem que fiquemos totalmente reféns do inverno, que há cinco anos está aquém da média histórica, com exceção deste ano, que choveu bem, apesar de não ter sido suficiente para recarregar os reservatórios. Justamente por essa importância, vamos tentar acelerar o máximo possível a conclusão desse trecho. Esperamos que, até o fim do ano, o canal já esteja apto a receber as águas”.

Helder Barbalho assegurou que os governos Federal e Estaduais estão unidos com o único objetivo de concluir, por total, as obras de todos os eixos até o fim do próximo ano e assegurou que os recursos estão garantidos. “Vamos trabalhar duro para concluir essa obra. Nunca antes foi feito nada dessa magnitude em relação à segurança hídrica do País. Estamos em constante conversa com o novo consórcio para que, se preciso, os trabalhos sejam realizados em fins de semanas e feriados. A ordem é cumprir todos os prazos estabelecidos”, pontuou. O ministro destacou ainda que a obra movimenta a economia em toda a região.

Orlivan Gabriel Silva, gerente da Emsa, empresa que ficará responsável por dar continuidade aos serviços deixados pela empresa Mendes Júnior, no Eixo Norte, num trecho de 146 quilômetros que corta cidades de Pernambuco e Ceará, afirmou que, no pico da obra, serão mais de duas mil contratações. “Aqui é apenas o início. Em 90 dias vamos atingir o pico dos trabalhos, com milhares de empregos diretos e indiretos. São trabalhadores de várias cidades e, o deslocamento até o canteiro de obra, movimenta outros setores”.

Sustento

Francildo Tavares dos Santos foi um dos contratados pelo consórcio. Desempregado há mais de um ano, ele conta que “a contratação será abraçada com unhas e dentes. Vou conseguir ajudar no sustento de casa e já posso até fazer outros planos”, contou o operário, natural de Salgueiro.

Em situação semelhante, Mirivaldo da Silva Piancó estava parado há sete meses e já planejava se mudar para o Sudeste. “É complicado ficar sem trabalhar. Se não conseguisse nada, ia embora para São Paulo em busca de trabalho. Só que apareceu a oportunidade de trabalhar perto da família e agora os planos mudaram. Estou muito feliz”.

Ex-Limão com Mel está internado há um mês por complicações de cirurgia no estômago; saiba quadro clínico do cantor

O cantor Edson Lima, conhecido pela participação nas bandas Limão com Mel e Gatinha Manhosa, está há um mês internado no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), em Recife. Em 2009, o cantor realizou uma cirurgia conhecida por “desvio do intestino”. A coluna Puxa o Fole conversou, com exclusividade, com a filha do cantor. Segundo a jovem Jéssica Lima, que trabalha na banda com o pai, o forrozeiro apresentou quadro defraqueza, queda de cabelo, pele seca e descascada por falta da passagem de nutrientes interrompida pela cirurgia para reduzir o peso. Após uma consulta médica, realizada no mês passado, foi avaliado a perda de peso excessiva. “O médico decidiu analisar a cirurgia e constatou que ela estava impedido a absorção de nutrientes. Foram feitos mais de 60 exames de imagens e de laboratório. A cirurgia levou a desnutrição do organismo”, revela a filha.

Aos 48 anos de idade, Edson Lima chegou a pesar, antes da intervenção cirúrgica, o valor de 126 kg. A falta de acopanhamento por suplementos e vitaminas fez, recentemente, ele atingir 57 kg. Há um mês internado, o músico já alcança a marca de 64 kg. “Ele está acordado e andando. Ele ainda está internado pois está recebendo nutrição pela veia. Ele chegou a se alimentar por via oral, mas não estava se sustentando. Por isso a medicação venosa’, explica Jéssica.

“A gente teve medo de ter afetado algum órgão. Mas graças a Deus não deu nada”, destaca a filha. Na avaliação dos médicos do Imip, o organismo de Edson não estava absorvendo nenhum tipo de nutriente proveniente de alimentação. Conforme a filha do cantor, ele está recebendo alimentação em “carga pesada”, durante 24h.

Desde do ano passado, Edson e o irmão Batista Lima, também ex-cantor da banda Limão com Mel, realizam apresentação juntos. Os escritórios dos cantores acertaram a realização do projeto “Grande Encontro das Vozes”.

Reversão

“Ele pegou peso, acabou o inchaço e deve ter alta em 15 dias“, conta a filha. Jéssica explica que a equipe médica aguarda a melhora física do organismo para realizar o processo inverso da cirurgia realizada há oito anos. “O desvio possibilitava ele comer normalmente reservando 30% dos alimentos que ele comia e jogava o restante direto para o intestino grosso”. Durante o mês junho, o forrozeiro chegou a realizar shows em eventos juninos, mas o estado físico impossibilitou.

“O médico chegou a liberar eles nos finais de semana para fazer show. Só que seria desgastante por ser alimentação de bomba e suplementos. Nesse intervalo ele ia perder o que ele ganhou. O ideal que ele só volte quando for revertido o processo”, comenta a filha. Ainda segundo a produção do cantor,  da agenda do mês junho ele conseguiu cumprir boas parte das apresentações, mas o irmão chegou a substituir Edson em algumas apresentações sem maiores prejuízos. “Em julho ficamos esperando ele para poder voltar. Não marcamos nada para ele mesmo decidir a nova agenda”.

Cerca de 2 mil agências da Caixa abrem hoje para pagamento do FGTS inativo

Cerca de 2 mil agências da Caixa Econômica Federal em todo o país abrirão hoje (8), das 9h às 15h, para atendimento exclusivo de trabalhadores com contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Na segunda-feira (10), as agências abrirão com duas horas antecedência. Nas regiões em que o banco abre às 9h, o atendimento começa às 8h e fechará uma hora mais tarde. Os funcionários vão solucionar dúvidas, acertar cadastros, emitir senha do Cartão Cidadão e fazer pagamentos.

Com o início do pagamento das contas inativas de quem nasceu em dezembro, neste sábado, o programa entra na sua fase final, que termina no dia 31 deste mês. Mais de 2,5 milhões de trabalhadores têm direito ao saque. O valor total disponível ultrapassa R$ 3,5 bilhões e equivale a aproximadamente 8% do total disponível.

A vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Deusdina Pereira, ressaltou o sucesso das ações do banco. “Chegamos à fase final dos pagamentos das contas inativas do FGTS. Já conseguimos pagar o benefício a grande parte dos clientes, garantindo o cumprimento praticamente integral do calendário estipulado”, disse.

Até o dia 28 de junho, a Caixa pagou mais de R$ 38,2 bilhões relativos às contas inativas, e o número de trabalhadores nascidos até novembro e que já sacaram alcançou 22,6 milhões de pessoas.
O valor equivale a 95,38 % do total inicialmente previsto (R$ 40 bilhões) e aproximadamente 81% dos trabalhadores (27,7 milhões) nascidos entre janeiro e novembro.

Orientações

A Caixa orienta que os valores até R$ 1,5 mil podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cartão Cidadão. Até R$ 3 mil, o saque pode ser feito com o Cartão do Cidadão e senha nos postos de autoatendimento, lotéricas e correspondentes do banco. No caso de valores acima disso, os saques só podem ser feitos nas agências.

Para facilidade no atendimento, os trabalhadores devem sempre ter em mãos o documento de identificação e a Carteira de Trabalho, ou outro que comprove a rescisão do contrato de trabalho. Para valores acima R$ 10 mil é obrigatória a apresentação desses documentos.

O banco informa também que criou um serviço exclusivo em seu site para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao pagamento de conta inativa.

Na página, a pessoa pode saber se tem contas inativas, como previsto na Medida Provisória (MP) 763/16, que determina o pagamento, o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para realização do pagamento.

Outra opção é o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 726 2017. Para fazer a consulta do saldo no 0800 ou no site, o trabalhador deve informar seu número de CPF ou PIS/Pasep. Nesses canais, o trabalhador pode, inclusive, indicar que deseja receber o crédito em uma de suas contas na Caixa.

De acordo com a MP, tem direito ao saque o trabalhador que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015. Ele pode sacar o saldo da conta vinculada, estando ou não fora do regime do FGTS, respeitado o calendário publicado pela Caixa.

Até 2019, mercado pernambucano deve abrir 930 novas vagas de trabalho

O mercado de trabalho pernambucano receberá um incremento de 930 novas vagas nos próximos dois anos. O número foi divulgado na manhã desta quinta-feira (06), durante 98ª reunião do Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic). No encontro, foram aprovados 29 projetos de concessão de incentivos fiscais para empresas interessadas em se implantar no estado ou ampliar as atividades já existentes. A aprovação dos projetos deve gerar vagas em 19 municípios.

A maior parte das vagas será destinada ao interior: serão 792 postos criados. A Região Metropolitana vai absorver 138 vagas. Somados, os investimentos em implantação e ampliação representam um aporte de R$ 69,1 milhões na economia do estado.”Cada empresa tem seu prazo específico. A construção de uma fábrica, por exemplo, não passa de dois anos. (A geração de empregos) varia de cada caso, mas dois anos seria um limite”, disse o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Leonardo Cerquinho.

Dos 29 projetos aprovados, 17 são de indústrias, oito de importadoras e quatro de centrais de distribuição.

A empresa que deve empregar o maior número de pessoas é a Tigre, que está investindo R$ 16,8 milhões na ampliação da fábrica no município de Escada, na Zona da Mata Sul: serão 346 vagas geradas. Em seguida, vem a indústria de laticínio Leta, que vai empregar 115 pessoas após a implantação de sua fábrica em Brejão, no Agreste. A terceira maior empregadora será a D’Campo Comércio e Fabricação de Produtos Domissanitários, que vai ampliar a fábrica sediada em Paudalho. A empresa, que atua na área de higiene e limpeza, deve abrir 86 novas vagas.

Os municípios contemplados pelos projetos serão: Goiana, Glória do Goitá, São Bento do Una, Paudalho, Jaboatão dos Guararapes, Recife, Gravatá, Garanhuns, Brejão, Tabira, Petrolina, Caruaru, Paulista, Paranatama, Escada, Vitória de Santo Antão, Ipojuca, Olinda e Cabo de Santo Agostinho.

Apesar do número significativo, houve uma redução nos investimentos e na geração de empregos, quando comparada à última reunião do Condic, ocorrida em abril. Na ocasião, foram aprovados 42 projetos, que somavam investimentos de R$ 201,2 milhões e com uma previsão de gerar 1030 empregos. Com informações do Diário de Pernambuco.

Miss Serra Talhada vai estrear ao lado de José Pimentel

As artes cênicas de Serra Talhada ganharão uma ilustre aspirante a atriz em uma das maiores produções teatrais da cidade, O Massacre de Angico – A morte de Lampião, que será encenado do dia 26 a 30 de julho, na Estação do Forró. Em entrevista ao FAROL, a Miss Serra Talhada 2017, Neydinha Olimpio, revela detalhes da sua estreia no teatro.

“Está dando tudo certo, é uma experiência totalmente diferente da vida de modelo e de miss, mas é muito bom, eu estou gostando. Até então não estou tendo nenhuma dificuldade, estamos ensaiando bastante. Fui gravar as falas, fizemos fotos e participarei de entrevistas. Estou muito empolgada”, relatou a beldade.

A modelo de apenas 21 anos já foi consagrada como Miss Estudantil Antônio Timóteo, Miss Beleza Negra, Miss Serra Talhada, ficou entre as 12 finalistas do Miss Pernambuco 2017, já fez diversos trabalhos como modelo em Serra Talhada e região e agora interpretará uma das mais importantes cangaceiras do bando de Lampião, a Dadá.

Ciente da responsabilidade, Neydinha afirmou que está se dedicando e quer fazer bonito durante o espetáculo. “Irei contracenar com José Pimentel no espetáculo. A responsabilidade é grande mesmo, mas estou tendo total atenção nos ensaios e seguindo as ordens de Pimentel, já que ele é o ator profissional. E isso só me ajuda, no dia do espetáculo eu acredito que será muito bonito”, finalizou. Com informações do Farol de Notícias.

PF acaba com grupo de trabalho da Lava Jato em Curitiba

A direção da Polícia Federal encerrou o grupo de trabalho da Operação Lava Jato em Curitiba. A decisão teria sido comunicada informalmente aos quatro delegados que continuavam no grupo.

As informações são da coluna Expresso, do site da revista Época, da quinta-feira (6). De acordo com fontes do site, a decisão partiu do diretor-geral da PF, Leandro Daiello (foto).

Com a ação, os delegados e agentes deixarão de se dedicar exclusivamente à Lava Jato e retornarão à Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros (Delecor). Para os investigadores, a decisão enfraquece a Lava Jato.

A direção-geral da PF confirmou o fim do grupo de trabalho à reportagem. Porém, negou que haverá consequências negativas para a Lava Jato em Curitiba.

Leia o cominucado da PF abaixo

1. Os grupos de trabalho dedicados às operações Lava Jato e Carne Fraca passam a integrar a Delegacia de Combate à Corrupção e Desvio de Verbas Públicas (DELECOR);

2. A medida visa priorizar ainda mais as investigações de maior potencial de dano ao erário, uma vez que permite o aumento do efetivo especializado no combate à corrupção e lavagem de dinheiro e facilita o intercâmbio de informações;

3. Também foi firmado o apoio de policiais da Superintendência do Espírito Santo, incluindo dois ex-integrantes da Operação Lava Jato;

4. O modelo é o mesmo adotado nas demais superintendências da PF com resultados altamente satisfatórios, como são exemplos as operações oriundas da Lava Jato deflagradas pelas unidades do Rio de Janeiro, Distrito Federal e São Paulo, entre outros;

5. O atual efetivo na Superintendência Regional no Paraná está adequado à demanda e será reforçado em caso de necessidade;

6. A Polícia Federal reafirma o compromisso público de combate à corrupção, disponibilizando toda a estrutura e logística possível para o bom desenvolvimento dos trabalhos e esclarecimento dos crimes investigados.

Família de noiva morta em queda de helicóptero processará empresas

Após a divulgação do vídeo que mostra o momento exato da queda do helicóptero que levava a noiva Rosemeire Nascimento da Silva ao próprio casamento, em São Lourenço da Serra, São Paulo, a defesa da família informou, nesta quinta-feira (6), que pretende processar os envolvidos no transporte.

O advogado Fernando Henrique dos Reis acredita que a HCS, empresa proprietária do helicóptero, e a Voenext, responsável pelo agendamento do voo, são responsáveis pela queda. “Iremos pontuar no processo que a empresa Voenext funciona apenas como intermediadora e não tem autorização para fazer voos de translados e de táxi aéreo, assim como a HCS, pois o helicóptero era registrado para uso privado. Isso só agrava mais a responsabilidade das empresas, que não poderiam efetuar este tipo de serviço”, detalhou o advogado ao G1.

Reis alega ainda que o piloto, Peterson Pinheiro, também não tinha formação necessária para lidar com o mau tempo. “As imagens mostram o desespero dos passageiros e o erro crasso do piloto. Ele não tinha ideia do que estava fazendo”, denuncia. O advogado diz que a família da noiva e do irmão dela, Silvano Nascimento da Silva, que também faleceu com a queda do helicóptero, solicitarão indenização por danos morais e materiais.

A queda de dezembro passado causou, ainda, a morte do piloto e da fotógrafa Nayla Cristina Neves Lousada, que estava grávida de seis meses. O vídeo encontrado pela família mostra o voo desde o início até a queda. Dá para ver que a noiva, e seu irmão, estão claramente tensos. O material já está sendo usado na investigação da Polícia Civil e da Aeronáutica.

A HCS informou, ao G1, que não se pronunciará sobre a investigação. A Voenext declarou, por sua vez, que não é dela o papel de analisar questões técnicas. A empresa que agendou o voo informou ainda que  ofereceu “solidariedade e se colocou à disposição da famílias”.

Empréstimos do Fies serão pagos com desconto direto no salário dos trabalhadores

A partir do ano que vem, os estudantes universitários que financiarem o pagamento das mensalidades de faculdades privadas por meio do Financiamento Estudantil (Fies) vão começar a pagar o empréstimo assim que tiverem renda formal, após deixar a faculdade. O dinheiro será descontado diretamente do salário do empregado, por meio do eSocial, sistema já utilizado atualmente pelas empresas para pagar contribuições e prestar informações ao governo.

A empresa que contratar um empregado que financiou o estudo superior com o Fies irá fazer o recolhimento do valor mensalmente pelo eSocial, descontando do salário do trabalhador, como é feito atualmente no caso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Se o trabalhador for autônomo, deverá fazer o recolhimento diretamente. Se a pessoa não tiver emprego formal, irá pagar apenas taxa de co-participação, como é feito enquanto está cursando a universidade. Não haverá mais carência estabelecida para o pagamento do financiamento, como existe atualmente.

“A ideia é ser quase um crédito consignado, por isso o risco do crédito também vai ser muito menor. No crédito consignado, o pagamento da parcela é sacado diretamente do salário da pessoa que contraiu o crédito e, no caso do Fies, ele vai usar uma nova sistemática que é o eSocial, que a partir de janeiro de 2018 será obrigatório para empresas grandes”, explicou o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida.

As mudanças no Fies foram apresentadas hoje (6), em cerimônia no Palácio do Planalto. Serão três tipos de financiamento. A primeira modalidade terá financiamento com recursos públicos e irá oferecer 100 mil vagas por ano, com juro zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos. Atualmente, a taxa de juros do Fies é de 6,5% ao ano.

O risco do financiamento, que atualmente é apenas do governo, será compartilhado com as universidades privadas. “No mundo todo, as universidades compartilham o custo com o governo. Aqui, grande parte do risco da inadimplência ficava concentrada no Tesouro Nacional, agora se corrige isso”, explicou Mansueto. Segundo ele, o governo vai colocar R$ 2 bilhões nos próximos quatro anos para o Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).

Outra mudança anunciada hoje foi a fixação de um limite médio de 10% da renda do trabalhador para o pagamento do Fies, no caso do financiamento com recursos públicos. Atualmente, não há limite para o endividamento dos alunos. “O Fies não é o único item consignável, o trabalhador pode consignar para outros fins, até para crédito pessoal. Então, não faz sentido o Fies comprometer mais do que isso. No Fies antigo, não havia limite, agora vai ter esse limite médio de 10%”, explicou o ministro da Educação, Mendonça Filho.

O MEC ainda não definiu quais os cursos serão priorizados nas ofertas de vagas do Fies, mas Mendonça Filho disse que o ministério deverá enfatizar as áreas que possam gerar melhor renda e tenham maior demanda do mercado de trabalho.

As novas regras do Fies vão valer apenas para contratos firmados a partir do ano que vem. Neste semestre, o MEC vai oferecer 75 mil novas vagas de contratos de financiamento, ainda com as regras atuais: podem participar os estudantes com que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e tiveram média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O estudante também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Fundos Regionais

A segunda modalidade de financiamento do Fies será destinada a alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos. A fonte de recursos serão os fundos constitucionais regionais, com juros baixos e risco de inadimplência assumido pelos bancos. Serão ofertadas 150 mil vagas em 2018 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Na terceira modalidade, o Fies terá como fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com juros baixos, também para estudantes com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos. O risco de crédito também será dos bancos. Serão ofertadas 60 mil vagas no próximo ano. Nessa modalidade, o MEC discute com o Ministério do Trabalho uma nova linha de financiamento que pode garantir mais 20 mil vagas adicionais em 2018.

Segundo o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, não há risco de faltar recursos para apoiar os futuros projetos de desenvolvimento para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, pois a programação financeira para os próximos quatro anos é mais do que suficiente para fazer frente às demandas por financiamentos.

Justiça autoriza casal a cultivar maconha em casa para tratamento medicinal

A Justiça do Rio de Janeiro autorizou um casal a cultivar maconha em casa para o tratamento de uma doença crônica de sua filha. A decisão confirma uma liminar concedida em dezembro do ano passado.

Margarete Brito e Marcos Lins obtiveram um habeas corpus preventivo que proíbe qualquer ato contra sua liberdade em razão do cultivo e processamento da maconha em sua residência.

Segundo laudos médicos, a menina teve redução de até 60% de suas crises convulsivas após a utilização, sob a supervisão médica, de extrato artesanal da erva.

Outras decisões judiciais parecidas têm sido proferidas pelo país. Um dos usos do canabidiol, extraído da maconha, é no controle de crises convulsivas de crianças. O produto pode ser importado, mas o custo é elevado. Desde janeiro de 2015, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso medicinal de produtos à base de canabidiol.

Secretário de Meio Ambiente de Serra Talhada participa de reunião no Ministério do Meio Ambiente em Brasília

O secretário de Meio Ambiente de Serra Talhada, Ronaldo Melo Filho, participou na manhã desta quarta-feira (05), de uma importante reunião no Ministério do Meio Ambiente – MMA, em Brasília, onde acompanhou o prefeito Luciano Duque em diversas agendas, como a reunião da Frente Nacional de Prefeitos – FNP e a reunião entre a FNP e ONU Brasil.

Na oportunidade, o secretário serra-talhadense foi recebido pelos analistas ambientais do MMA, João Arthur Seyffarth e Franciene Araújo, que estiveram no último dia 21 de junho em Serra Talhada na inauguração do Projeto Caatinga Sustentável, no Assentamento Laginha, zona rural do município.

Durante a reunião foram discutidos projetos e iniciativas importantes voltadas para a política ambiental no município de Serra Talhada. “Foi uma agenda importante onde estreitamos as relações com o Governo Federal, que está captando recursos para diversos projetos no país, podendo Serra Talhada está entre os municípios contemplados, além de sermos convidados para participar do seminário de gestores ambientais que vai acontecer no mês de agosto em Terezina”, disse Ronaldo Melo Filho.

Hospital Mestre Vitalino realiza novo mutirão de ortopedia

Em janeiro deste ano, o Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, realizou mutirão de ortopedia para o atendimento de crianças com Síndrome Congênita do Zika/Microcefalia. Nesta quinta-feira (06), durante toda a manhã, um novo mutirão, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), está sendo realizado para que sejam feitas as reavaliações dos casos atendidos.

O mutirão conta com cinco ortopedistas, além da equipe multiprofissional do HMV e de apoiadores da SES, e beneficia cerca de 70 crianças dos municípios das Gerências Regionais de Saúde (Geres) de Limoeiro, Caruaru, Arcoverde, Salgueiro, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada.

“Com esse mutirão, os profissionais estão verificando o desenvolvimento motor das crianças, além de avaliar como está sendo feito o uso das órteses e se alguma criança está precisando de algum outro tipo de suporte complementar, algo que é essencial para auxiliar no desenvolvimento desse público”, afirma o diretor do HMV, Marcelo Cavalcanti.

Já o ortopedista Márcio Lacerda, que está participando dos atendimentos, ressalta que “a maior dificuldade da criança com microcefalias é a luxação de quadril. Elas têm rigidez muscular e o botox faz com que o músculo relaxe. É indicada a fisioterapia sempre e o acompanhamento médico também”.

O Hospital Mestre Vitalino realiza o atendimento de rotina das crianças com Síndrome Congênita do Zika/Microcefalia nas especialidades de neuropediatria, gastropediatria e psicologia. Já nas Unidades Pernambucanas de Atenção Especializada (UPAE) de Caruaru e de Belo Jardim, que atendem os municípios da IV Geres, contam com atendimento de fonoaudiologia, fisioterapia, terapia ocupacional e psicologia. Em todo o Estado, 27 unidades estaduais, espalhadas por todas as regiões, realizam o atendimento às mães e às crianças com microcefalia.

NÚCLEO DE APOIO ÀS FAMÍLIAS – Com o intuito de coordenar e monitorar o trabalho relacionado às famílias e crianças com microcefalia, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) instituiu, em maio de 2016, o Núcleo de Apoio às Famílias com Microcefalia. Formado por uma equipe de 13 assistentes regionais distribuídos nas 12 Regionais da Saúde, 1 assistente e 1 coordenador no Nível Central, é responsável por monitorar e acompanhar, de modo regionalizado, as crianças notificadas durante toda a linha do cuidado, além de prestar apoio às famílias e desenvolver estratégias para garantir seus direitos.

Assim, faz parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Secretaria Estadual de Defesa Social, INSS, Programa Mãe Coruja, UMA (União de Mãe de Anjos) e em especial com as Secretarias Municipais de Saúde, elaborando estratégias para atender as famílias e buscando soluções para as problemáticas já existentes. Quinzenalmente, promove reuniões com esses grupos, com o objetivo de identificar possíveis dificuldades e aperfeiçoar o próprio atendimento da rede estadual de saúde.

TJD protocola pedido de anulação do jogo entre Salgueiro e Sport e solicita documentação

Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD) publicou nesta terça-feira o despacho referente ao pedido de anulação do segundo jogo da Final do Campeonato Pernambucano, entre Salgueiro e Sport, de autoria do goleiro do Salgueiro, Luciano. A publicação assinada pelo presidente em exercício do TJD, Vitor Freitas Andrade Vieira, confirma o solicitação do atleta e solicita a apresentação de documentos para seguimento do processo. De acordo com Luciano, o assistente da partida, Emerson Augusto de Carvalho estava mal posicionado na hora do lance que anulou o gol do Salgueiro.

– O Bandeirinha não estava na posição dele. Era para ele estar na linha. Se você ver a imagem, ele estava afastado. E o árbitro de vídeo também era para dizer ao árbitro que a bola não tinha saído. Tinha 17 câmeras, várias imagens e nenhuma comprovou que a bola saiu – declarou.

De acordo com o advogado do goleiro, Mariano Sá, esta é a linha que eles devem defender ao longo do processo.

– O processo é todo baseado no Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O autor da ação é Luciano porque só pode solicitar quem disputou a partida. A motivação é baseada no artigo 259, parágrafo primeiro. Esse parágrafo fala que a partida pode ser anulada se houver erro de direito. Essa é a discussão. O erro não é passível de anulação, o erro de direito sim, porque infringe a regra do futebol. O que aconteceu foi o condicionamento do bandeirinha.

Fere o posicionamento que tem que ser atrás da linha e na hora do escanteio ele estava bem afastado, quase um metro da bandeirinha, ou seja, sem boa visão. Foi baseado na não observância da regra do futebol que a gente fez esse pedido. O bandeirinha não estar posicionado como devia caracteriza erro de direito – explicou o advogado.

Luciano entrou com o pedido por iniciativa própria, o que pegou até mesmo o presidente do Salgueiro, José Guilherme da Luz de surpresa.

– Eu fiquei sabendo pela imprensa. Se ele entrou (na justiça) é um problema dele, não foi o clube. Eu não estou sabendo de nada. Fiquei sabendo ontem pela internet – afirmou.
Mesmo assim o atleta está confiante no resultado do pedido.

– Estamos acreditando porque aquele era um jogo especial, uma final com árbitro de vídeo, o bandeira mal posicionado. Eu acredito que a gente pode anular essa partida.

Do Globo Esporte

Hospital Mestre Vitalino faz mutirão para crianças com microcefalia

O Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, Agreste pernambucano, promove, nesta quinta-feira (6), um mutirão de ortopedia para crianças diagnosticadas com microcefalia. O objetivo é reavaliar os casos atendidos no mutirão que aconteceu no hospital em janeiro. O atendimento acontece das 8h às 14h.

A ação deve beneficiar 70 crianças dos municípios de Limoeiro, Caruaru, Arcoverde, Salgueiro, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada. Cinco ortopedistas participam do mutirão, além da equipe multiprofissional do Hospital.

O Hospital Mestre Vitalino fica localizado na avenida Amazonas, 175, bairro Universitário, às margens da BR-104, em Caruaru. A ação é feita em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Banco Santander abre oportunidades de emprego

Ganhos podem chegar a R$ 4.462,00 entre remuneração fixa e variável; Os benefícios incluem vale transporte, seguro de vida em grupo, ticket refeição e alimentação, plano de saúde e odontológico; Banco utilizará processo seletivo inovador, por meio do aplicativo TAQE.

O Santander abriu 24 postos de emprego para a função de Agente de Microcrédito em 14 cidades do Nordeste. Buscando otimizar o processo seletivo e selecionar as pessoas com perfil mais adequado, o banco optou por fazer o recrutamento de uma forma inovadora. Vai utilizar o aplicativo de empregos TAQE, que capacita e recomenda candidatos para o mercado de trabalho

As posições são para as cidades de Recife, Caruaru, Petrolina e Serra Talhada, em Pernambuco; Caicó, Mossoró e Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte; Maceió, Arapiraca e Palmeira dos Índios, em Alagoas; Conceição do Coité e Senhor do Bonfim, na Bahia; Maracanaú, no Ceará, e Sumé/Monteiro, na Paraíba.

O Agente de Microcrédito deve ser uma pessoa que conheça bem a região onde atuará, acompanhando e dando suporte aos empreendedores durante o contrato de microcrédito. É um atendimento pessoal, que orienta o empreendedor na gestão de negócios e identificação de oportunidades (orientação financeira).

O intuito é buscar profissionais com garra, energia e que preferencialmente já tenham atuado com microcrédito. O aplicativo TAQE auxiliará o Banco nessa tarefa. Nele, depois de se cadastrar com informações básicas como nome, escolaridade e CEP, o usuário ganha acesso a testes de personalidade, competências, português, lógica, entre outros. A cada etapa finalizada, ganha pontos e, além de desbloquear novas aulas e testes, também recebe recomendações de vagas que combinam com seu perfil, às quais se candidata, dando início ao processo seletivo. Após a primeira fase pelo aplicativo, os selecionados passarão por entrevistas presenciais com gestores e RH.

Como concorrer às vagas no Santander

Para se inscrever, os interessados devem acessar o link http://taqe.app.link/vagasantander do navegador de seu celular e baixar o aplicativo. É necessário que os candidatos baixem especificamente essa versão, em vez de fazer o download diretamente pelo Google Play ou App Store, pois somente desta forma concorrerão às vagas oferecidas pelo banco.

Sobre o TAQE
O aplicativo é uma criação conjunta de experientes empreendedores e especialistas em áreas como recursos humanos, comunicação digital e tecnologia. Disponível no Google Play e na App Store, TAQE oferece aulas interativas que abordam temas como propósito de vida, busca pelo emprego e outros assuntos diretamente relacionados às atividades de trabalho.

Sobre o Prospera Santander Microcrédito
Com 15 anos de atuação no segmento, o Santander é o líder em microcrédito entre os bancos privados, com desembolsos superiores a R$ 4 bilhões e cerca de 420 mil clientes atendidos. Tudo isso com uma adimplência superior a 95%. Somente nos três primeiros meses deste ano, as concessões de crédito somaram R$ 156 milhões, um crescimento de 12,9% ante o mesmo período de 2016. A inadimplência foi de 3,3%, ante 3,7%. O número de clientes ativos atingiu 153.700, com tíquete médio de R$ 2 mil.