Vereador denuncia existência de ‘cartel do gás’ em Serra Talhada

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST), nessa segunda-feira (11), o vereador Zé Raimundo Filho, do PTC, alertou com relação a existência de um possível cartel na venda de gás de cozinha na capital do xaxado.

Segundo o parlamentar, a maioria dos municípios no entorno de Serra Talhada vendem o botijão de gás cerca de 30% mais barato que o valores praticados na cidade.

“Há cobrança de preços abusivos em Serra Talhada. O gás é muito mais barato em municípios como Santa Cruz da Baixa Verde, Calumbi e Betânia, por exemplo. Outro dia, encontrei com um cidadão na Fazenda Nova, que vinha com 18 botijões de gás em seu carro. Ele foi comprar o gás em São José do Egito e trouxe para Serra Talhada. Na região, o preço do botijão varia entre R$ 55 e R$ 52 e aqui se cobra R$ 70. Um absurdo”, disparou Raimundo.

Ainda durante o discurso, Zé Raimundo Filho solicitou do presidente da Câmara, Nailson Gomes, que provocasse o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para agir no sentido de quebrar o cartel em Serra Talhada. “Nós, vereadores, estamos sendo questionados pela população sobre o assunto e se faz necessário que o MPPE atue em cima do assunto.  Não pode continuar do jeito que está”, reforçou.

Fonte: Farol de Notícias

Deixe um comentário